Resenha: Um Ano Bom - Ana Faria

21:52

Resultado de imagem para um ano bom ana faria

Título: Um Ano Bom
Título Original: Um Ano Bom
Autor (A): Ana Faria
Editora: Bubble Livros
Ano de Edição: 2016
Número de páginas: 324
Nota: 10/10
Sinopse: Christopher é um querido aluno da escola, sempre cercado de amigos e garotas. Vivendo seu último ano do Ensino Médio, com uma vida confortável até então, Chris vê seu mundo abalado quando uma nova aluna surge na classe, atraindo seu interesse e despertando em seu coração sentimentos nunca antes experimentados. A princípio Chris e Clara pareciam ser incompatíveis, mas na medida em que vão se conhecendo, muito do que acreditavam começa a ser questionado e o amor surge inexplicavelmente.
________________________________


Eu confesso que sou suspeita de falar sobre livros com temas colegiais, principalmente quando é nesse enredo do cara popular começa a sair com a ''esquisita'', mas eu tenho que ser sincera e confessar que esse é um dos melhores que eu já li nessa temática, se não o melhor que tive a honra de ler.
Um Ano Bom conta a história de dois adolescentes no ultimo ano do ensino médio: Christopher e Clara. Chris é um aluno querido, popular e que vive cercado por amigos e garotas. Clara, é uma garota incomum. Diferente das alunas da escola, ela não é fútil e prepotente, não faz o estilo patricinha e não é descolada, com um cabelo que foge dos "padrões" da turma, seu estilo logo a torna a mais nova "esquisita" da escola.
Enquanto Clara é rotulada como a "esquisita", Chris quer conhecê-la mais, pois ficou intrigado com seu jeito, aqueles cabelos ruivos, e aquele all star desgastado. E é a partir daí que conhecemos mais o lado de cada personagem e percebemos que Chris não é nada metido, pelo contrário, ele tem um coração enorme, carismático e que se apaixonou a primeira vista por Clara. Quer demonstrar isso pra ela, só que como Clara já foi expulsa de outro colégio por arrumar confusão, ela não queria ser expulsa da escola atual também, e sabendo que se começasse a conversar com Chris, além de estar saindo dos padrões em sua cabeça teria que suportar Jéssica (ex namorada de Chris) que não admite ser trocada por outra, e se considera a garota mais bonita do colégio. Porém, isso se torna um pouco difícil, já que Chris é insistente, e tentar se manter longe dele começa a ficar um tanto quanto difícil para Clara, que tenta se fazer de durona mas sabe que seu coração já pertence aquele garoto.
O livro é escrito em terceira pessoa, assim o leitor tem um visão geral de tudo o que acontece com os personagens.
O melhor era evitar. Mas, o destino não acha isso, e em uma noite, em um bar, eles se encontram e se beijam. Mas mesmo se entregando ao romance, Clara ainda sente medo. Portanto, eles começam a sair escondidos, na escola eram desconhecidos e fora dela, um casal apaixonado. 
O livro foca na Clara e no Chris, mas também nos traz dilemas dos personagens secundários. E isso é muito importante na construção do livro, isso só eleva o nível do livro.
A mocinha desengonçada, um mocinho mulherengo, Um Ano Bom nos apresenta um mundo adolescente, com brigas, intrigas, paixões. Clara é o tipo de personagem a qual você deseja decifrar, seu passado conturbado, seu histórico de brigas e sua aversão por playboys é algo engraçado de se "ler". Com uma personalidade forte, ela vai conquistando o leitor aos poucos. 
O livro também nos traz músicas, algumas conhecidas e outras não. E como sempre que os livros tem música, eu leio cantando. E as que eu não sabia, coloquei na internet o nome e escutei.
A leitura é muito tranquila, os personagens são bem escritos (embora acredite que alguns poderiam ter sido mais explorados), a trama é muito bem desenvolvida e nos da aquela sensação de que precisamos de mais um pouco daquilo para seguir em frente rs.
Essa capa é linda, a edição gráfica está muito boa, este é o livro relançado da autora, contém alguns capítulos extras e algumas coisas mudam de um livro para outro. Eu li o primeiro livro e também li o relançado então sei do que estou falando. Não muda a história por completo a diferença é que o primeiro deixa um gostinho de quero mais maior que o segundo lançado.
Eu indico muito esse livro, é o tipo de livro que todo mundo tem que ler um dia, pois sem nenhum pingo de auto-ajuda, nos faz refletir muito e aprender também. Eu adoro esse tipo de livro, em que os personagens vão amadurecendo ao longo do tempo e juntos, é como se fosse um engajamento para você começar a refletir nas coisas que está fazendo da vida.

Espero que tenham gostado da resenha meus amores.
Beijinhos e até amanhã!

Posts Relacionados

0 Respostas

Tecnologia do Blogger.

Se inscreva na Newsletter

Curta-nos no Facebook